FUNDADA A CASA DA AMÉRICA LATINA


Alegria e mobilização. Estas foram as duas principais características do Ato de Fundação da Casa da América Latina, realizado no dia 31 de agosto, no Rio de Janeiro, na SEAERJ (Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do RJ). A entidade foi criada, a partir de uma iniciativa do PCB, com a participação e o engajamento de outras organizações como a Corrente Comunista Luiz Carlos Prestes, a Refundação Comunista e o Partido Humanista e personalidades das esferas política e cultural. Mais de 350 pessoas compareceram ao evento, que elegeu, em Assembléia, uma Comissão Provisória, com sete membros, e indicou o engenheiro e professor Raymundo de Oliveira como presidente.

“O grande número de presenças demonstrou o acerto político da proposta”, afirmou Ivan Pinheiro, Secretário Geral do PCB, que deu início aos trabalhos, em nome da comissão que, desde o início do ano, vinha articulando a construção da entidade. Para Ivan, a tarefa da CAL será apoiar todos os movimentos populares e governos latino-americanos que lutam contra a miséria e a opressão. “Países como Cuba, Venezuela, Bolívia, Equador, Nicarágua e outros mostraram que é possível derrotar o neoliberalismo e o imperialismo”, afirmou.

“Precisamos nos mobilizar para dar solidariedade a estes países, divulgar suas conquistas para toda a população da América Latina”, complementa Ivan.

Entre os fundadores da entidade estão Anita Leocádia Prestes, Carlos Nelson Coutinho, César Benjamin, Chico Alencar, Eduardo Camenietzki, Emir Sader, Esther Kuperman, Fausto Wolff, Flavio Tavares, Heitor Pereira, Helói Moreira, Herman Baeta, Ivan Valente, João Luiz Duboc Pinaud, José Louzeiro, José Paulo Neto, Leandro Konder, Marcelo Cerqueira, Marcelo Freixo, Mário Augusto Jakobskind, Mauricio Azedo, Milton Temer, Modesto da Silveira, Oscar Niemeyer, Paulo Ramos e Plínio de Arruda Sampaio, Silvio Tendler, Vera Malaguti, Virginia Fontes, Vito Giannotti e Wadih Damous.

Além deles, Antonio Carlos Mazzeo, Carlos Alberto de Oliveira (Cão), Celso Soares, Cid Benjamim, Eliomar Coelho (vereador PSOL – Rio), Ernesto Pichler, Fichel Davit Chargel, Humberto Jansen, Irun Santana, Ivan Pinheiro, Ivana Jinkings, Jandira Feghalli, Joberval Bertoldo (vereador PCB – São Luís MA), Joel Barcellos, José Antônio Simões, Lênin Novaes, Moysés Ajhaenblat, Pedro Porfírio (vereador PDT – Rio), Robespierre Martins, Rubin Aquino, Sabino Barroso e Zuleide Faria de Mello são algumas das personalidades que estiveram presentes ao Ato.

Ao encerrar o evento, o presidente da CAL, Raymundo de Oliveira, anunciou as primeiras atividades da entidade: “Ainda neste semestre, realizaremos um debate sobre a questão da energia na América Latina e uma mostra de filmes latino-americanos. A CAL estará aberta a todos os que se interessam pela causa, fará estudos, divulgará informações sobre o que acontece em cada país da região. Estará, enfim, a serviço da mobilização e da solidariedade internacional”.

Fonte: http://www.pcb.org.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s