Atos no Rio e São Paulo homenagearam os 100 anos de Allende


Nos dias 26 e 27 de junho ocorrerram em São Paulo e no Rio de Janeiro, respectivamente, dois atos em comemoração ao centenário de nascimento de Salvador Allende. Os eventos serão promovidos pela Comissão de Organização do Centenário de Allende em parceria com a Casa da América Latina e os deputados estaduais Raul Marcelo (PSOL/SP) e Paulo Ramos (PDT/RJ).

Em São Paulo, o ato reuniu mais de 200 pessoas e contou com a presença de Ariel Lopez (representante do Ministério de Relações Exteriores da Venezuela), Pablo Alberto Reimers Quijada (vice-presidente da Associação Brasileiro Chilena de Amizade e presidente do Comitê do Centenário de Salvador Allende), Renán Adolfo Morales Jaque (representante do Partido Comunista do Chile), Ivan Pinheiro (secretário geral do PCB e fundador da Casa da América Latina), o ex-deputado federal Plínio de Arruda Sampaio e outras personalidades e entidades. Ainda na capital paulista, o grupo musical Canto Libre, ligado a Associação Brasileiro-Chilena de Amizade, tocou várias músicas temas da Unidade Popular.

No Rio, o evento encheu o auditório central da ALERJ e contou com as intervenções de Tomás Hirsch (Partido Humanista do Chile e ex-candidato a presidente no país), João Luiz Pinaud (membro da Associação Americana de Juristas do Rio de Janeiro), Raymundo de Oliveira (presidente da Casa da América Latina), Ivan Pinheiro (PCB), Marco Antonio (Cecac) e a historiadora Anita Leocádia Prestes, filha de Luiz Carlos Prestes.

Nos dois atos, todos ressaltaram a história de luta do ex-presidente chileno e a atualidade da luta socialista em nosso continente. A solidariedade entre os povos latino americanos também foi bastante debatida e lembrada. O discurso de Pablo Reimers sintetizou muito bem o espírito dos atos: “recordar Salvador Allende é na prática exercer a luta diária por uma sociedade humanizada, equitativa e justa, é se permitir a ousadia e ao exercício da generosidade, mas nunca a custa da dor e do sofrimento do cidadão comum, este personagem que desde a fábrica, escola, vila e rua, de fato constrói no seu cotidiano conseqüência, e ratifica ou transforma muitas vezes o curso da história”.

Leia aqui um pouco da história de Salvador Allende e mais informações sobre as atividades de seu centenário acesse http://www.centenarioallende.org/.

Atividade em São Paulo lotou o auditório da ALESP

Ivan Pinheiro, secretário-geral do PCB, discursando no ato no Rio

Fotos: site do deputado Raul Marcelo (SP) e Ricardo Pinheiro (RJ)

FONTE: http://www.ujc.org.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s