RESOLUÇÃO CONDENA O BLOQUEIO CRIMINOSO DO GOVERNO DOS ESTADOS UNIDOS CONTRA CUBA


A administração Bush levou a cabo um recrudescimento da política de bloqueio a Cuba e empreendeu ações irracionais de perseguição contra entidades governamentais, empresas, instituições bancárias e cidadãos de outros países.

O prejuízo direto ao povo cubano acumulado até dezembro de 2007 pela aplicação do bloqueio econômico, comercial e financeiro dos EUA contra Cuba, supera, a partir de cálculos conservadores, os 93 bilhões de dólares.

À cifra anterior deve-se acrescentar mais 54 bilhões de dólares, por causa de agressões e atos terroristas perpetrados pelo governo dos EUA e seus agentes mercenários contra a nação cubana durante quase meio século.

Como parte de sua estratégia de vencer por fome e enfermidades o povo cubano e com isso derrocar a Revolução, têm-se intensificado os planos subversivos contra a Ilha e as campanhas de desinformação a nível internacional para tentar conseguir o isolamento do país.

O bloqueio é o principal obstáculo ao desenvolvimento e ao bem-estar dos cubanos e constitui uma violação flagrante, massiva e sistemática dos direitos de todo um povo.

Os Estados Unidos continuam ignorando, com arrogância e desprezo, as contínuas resoluções adotadas pela Assembléia Geral das Nações Unidas, que clamam, de maneira quase unânime, para que se acabe esta genocida política.

O povo cubano não renunciará jamais à defesa de sua Revolução e continuará avançando no desfrute de sua liberdade e independência. Não importam os obstáculos e as limitações que tenham que vencer para isso. A vontade de resistência de cubanas e cubanos é firme. A nação cubana continuará trabalhando soberanamente e sem descanso no aprofundamento dos objetivos de justiça, igualdade e solidariedade que sustentam sua Revolução.

Os partidos abaixo, reunidos no 10º Encontro de Partidos Comunistas e Operários: expressamos nossa solidariedade ao povo cubano e a sua Revolução Socialista; nos comprometemos a continuar a solidariedade e o apoio a Cuba pelos efeitos do bloqueio econômico, agora agravados pelas conseqüências dos desastres naturais de que foi vítima esse país; exigimos, com renovadas forças, o fim do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelo Governo dos Estados Unidos.

São Paulo, 23 de novembro de 2008

1. Alemanha – Partido Comunista da Alemanha
2. Argélia – Partido Argelino pela Democracia e pelo Socialismo
3. Bélgica – Partido do Trabalho da Bélgica
4. Bolívia – Partido Comunista da Bolívia
5. Brasil – Partido Comunista Brasileiro
6. Brasil – Partido Comunista do Brasil
7. Chile – Partido Comunista de Chile
8. Chipre – Partido Progressista do Povo Trabalhador – Akel
9. Cuba – Partido Comunista de Cuba
10. Dinamarca – Partido Comunista da Dinamarca
11. Equador – Partido Comunista do Equador
12. Espanha – Partido Comunista dos Povos da Espanha
13. Estados Unidos – Partido Comunista dos Estados Unidos
14. Finlândia – Partido Comunista da Finlândia
15. Grã Bretanha – Partido Comunista de Grã Bretanha
16. Grécia – Partido Comunista da Grécia
17. Holanda – Novo Partido Comunista da Holanda
18. Hungria – Partido Comunista dos Trabalhadores da Hungria
19. Irã – Partido Tudeh do Irã
20. Irlanda – Partido Comunista da Irlanda
21. Irlanda – Partido do Trabalho da Irlanda
22. Itália – Partido dos Comunistas Italianos
23. Laos – Partido Popular Revolucionário de Laos
24. Letônia – Partido Socialista de Letônia
25. Luxemburgo – Partido Comunista de Luxemburgo
26. México – Partido dos Comunistas Mexicanos
27. Nepal – Partido Comunista do Nepal (UML)
28. Noruega – Partido Comunista da Noruega
29. Palestina – Partido Comunista Palestino
30. Palestina – Partido do Povo Palestino
31. Paquistão – Partido Comunista do Paquistão
32. Paraguai – Partido Comunista Paraguaio
33. Peru – Partido Comunista Peruano
34. República Checa – Partido Comunista da República Checa
35. Rússia – Partido Comunista da Federação Russa
36. Rússia – Partido Comunista dos Trabalhadores da Rússia
37. Servia – Novo Partido Comunista da Servia (ex-Iugoslávia)
38. Síria – Partido Comunista Sírio
39. Síria – Partido Comunista Sírio
40. África do Sul – Partido Comunista da África do Sul
41. Suécia – Partido Comunista da Suécia – SKP
42. União dos Comunistas da Ucrânia
43. Uruguai – Partido Comunista do Uruguai

Traduzido por Roberta Moratori

FONTE: http://www.pcb.org.br/bloqueio1.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s