Intervençao no Congresso PC Grego


PCB: 87 ANOS DE LUTA PELO SOCIALISMO!
PCB: 87 ANOS DE LUTA PELO SOCIALISMO!

Por Antonio Carlos Mazzeu – PCB

Caros Camaradas do KKE,

Em nome do Partido Comunista Brasileiro – PCB – quero saldar com alegria e entusiasmo a realização do XVIII Congresso do KKE!

O capitalismo vive uma crise sem precedentes, muito diferente daquela outra de 1929. Ao contrário do que alardeiam os intelectuais orgânicos do capital e os meios de comunicação burgueses, este não é um mero “distúrbio” no setor da liquidez financeira, mas uma aguda e potente Crise de acumulação e de produção que atinge o coração do sistema capitalista como um todo.

Essa decomposição gradual do modo de produção capitalista, que provocou a restruturação produtiva, já nos inícios dos anos 1980, atingiu também a subjetividade da classe trabalhadora, agravada com a débâcle das experiências socialistas do Leste Europeu.

Mas a crise da forma social burguesa e de sua subjetividade golpeou também as lideranças dos trabalhadores e atingiu suas organizações, com maior gravidade os Partidos Comunistas. Alguns sucumbiram ao desespero típico da pequena-burguesia e ao canto da sereia “neoliberal”. Outros optaram tragicamente pela auto-dissolução, ou ainda, pelo nocivo institucionalismo reformista e pela conciliação oportunista com o capital.

Mas muitos se mantiveram na resistência, repensando as experiências históricas do nosso movimento, criando novas e contemporâneas formas de luta e de reconstrução ideológica e subjetiva. Nessa perspectiva podemos ver vários Partidos Comunistas, em todo o mundo, realizando esse esforço de responder à esse novo momento da história, tentando dar, como dizia Lenin, respostas concretas para as situações concretas produzidas pela crise do capital. Dentre esses valorosos camaradas destaca-se o KKE que na Europa tem sido um dos baluartes do projeto socialista, não abaixando a guarda ideológica e não aceitando flertes com uma socialdemocracia envergonhada, e travestida de esquerda.

O KKE tornou-se um Partido de liderança e de espelho para o Movimento Comunista Internacional. Juntos, irmanados com os novos movimentos sociais que iniciam a florescer em muitos cantos do mundo, em particular na América do Sul, junto com a brava Cuba Socialista que nos da o exemplo de luta e dignidade, caminharemos para a construção de um mundo novo, que a crise estrutural do capital nos propicia.

Em tempos de cólera, de xenofobia e de ofensiva neofascista na Europa, um Congresso Comunista aparece não somente como alento, mas como momento de resistência e de construção contra-hegemônica do projeto socialista. ‘E a resposta civilizatória à tentativa da barbárie. Seu êxito é também a vitória de todos aqueles que lutam por um novo mundo, uma nova socialidade baseada nos valores da liberdade humana.

Viva O KKE!

Viva o Movimento Comunista Internacional!

FONTE: http://pcb-campinas.blogspot.com/2009/02/intervencao-no-congresso-pc-grego.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s