Exército de Israel atacou embarcação de ajuda humanitária que buscava chagar à Gaza


imagem
Crédito: Carlos Latuff (Barco com ajuda humanitária à Gaza é atacado por Israel)

TeleSUR

Israel atacou nesta segunda-feira um navio da Frota Gaza Livre, que tentava transportar cerca de 10 toneladas de ajuda humanitária para a Faixa de Gaza. O ataque matou 19 pessoas e feriu outras 30.

O correspondente da TeleSUR no Oriente Médio, Hisham Wannous, informou que o ataque foi efetuado por marinheiros de Israel e que no processo empregou-se o uso de um helicóptero.

Wannous observou que logo depois de saber da notícia houve manifestações em Gaza e na Turquia em repúdio ao ataque, enquanto o governo israelense mantém silêncio sobre o assunto.

O correspondente indicou que os navios de guerra israelenses que participaram no ataque saíram do porto de Haifa, no norte de Israel, transportando mísseis e todos os tipos de armas.

O jornalista também explicou que o que restou da Frota Gaza Livre será levado para Haifa, onde se prevê que sejam detidas as pessoas que viajam na Gaza Livre. Segundo Wannous, a maioria dos mortos são europeus e turcos.

Gaza Livre escreveu em seu site na Internet que o navio atacado foi o HHI, de bandeira da Turquia, assegurou a organização humanitária, foi abordado por membros da Marinha de Israel.Entre os passageiros da embarcação de Gaza Livre se encontram parlamentares europeus e ganhadores do Prêmio Nobel da Paz.

A imprensa turca mostrou imagens tiradas no interior do barco turco Mavi Marmara, nas quais se viam soldados israelenses abrindo fogo.

Desta forma, Israel cumpriu as advertências realizadas no último sábado pelo porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Yigal Palmor, que disse que seu país estava preparado para bloquear a passagem das embarcações, incluindo o uso da força.

“Vamos tentar impedi-los de se aproximar da costa da Faixa de Gaza de forma pacífica, mas se eles insistem em passar, os impediremos”, afirmou Palmor, no sábado passado.

Os barcos da Frota Gaza Livre, que busca ajudar o povo palestino que vive sob o férreo bloqueio israelense, com o envio de alimentos, móveis, assistência médica e materiais de construção, estruturas como hospitais e escolas foram destruídos ou deixadas em muito mau estado pelos ataque realizado pelas forças israelenses.

Segundo a imprensa turca, o ataque israelense contra o barco da Frota Gaza Livre ocorreu em águas internacionais às 04:00 horas locais (01:00 GMT).

Logo que a informação do ataque israelense foi divulgada, centenas de pessoas se reuniram para protestar enfrente ao consulado israelense na cidade turca de Istambul.

A frota é composta por seis navios, três deles turcos, e transporta, entre outras coisas, materiais de construção, equipamentos médicos de necessidades básicas, com o fim de romper o bloqueio que sofre a Faixa de Gaza por parte de Israel.

Traduzido por Dario da Silva

Original encontra-se em: http://www.telesurtv.net/noticias/secciones/nota/72801-NN/ejercito-israeli-ataco-embarcacion-de-flotilla-humanitaria-que-busca-llegar-a-gaza

Anúncios

4 comentários em “Exército de Israel atacou embarcação de ajuda humanitária que buscava chagar à Gaza

  1. É incrível como a mídia internacional é tendenciosa. Israel não pode se defender. Deve aceitar calada todos os ataques, caso contrário, é considerada autoritária e “nazista”!! Que vergonha!!
    .
    Eis aqui A verdade sobre o “ataque” de Israel contra os navios da “frota humanitária”. Isso não aparece na TV, nem nos jornais: http://delrei.wordpress.com/2010/06/01/a-verdade-sobre-o-ataque-de-israel-contra-os-navios-da-frota-humanitaria-isso-nao-aparece-na-tv-nem-nos-jornais/
    .
    É muito fácil jogar pedras nos outros. Difícil é ser honesto e fazer alguma coisa de útil pelo seu país e pelo necessitado que está ao seu lado.
    .
    Abraços,

  2. “Ataque”?
    Uma mini-frota de ajuda humanitária só é um ataque para uma visão fascista (no caso o sionismo)!
    Genocídio é o que o sionismo está praticando contra o povo palestino.
    O mais trágico é que quando a saída radicalizada que o capitalismo engendrou no século passado (o nazi-fascismo), matando 6 milhões de judeus, 27 milhões de soviéticos e mais cerca de 30 milhões de outra nacionalidades, foi exatamente o povo judeu um dos povos vitimados. Agora, parte desse povo (o sionismo) pratica, em favor do Imperialismo (fase do capitalismo) pratica a mesma barbaridade…
    Isso é dramático…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s