Mal-estar em Harvard


Antes de abordar a crise, eu quisera começar com um comentário que pode ser interessante porque dá a ideia da temperatura político-ideológica, inclusive acadêmica, que está sendo atingida nesta crise. Alguns de vocês provavelmente o saibam, isto foi pouco divulgado porque é uma dessas notícias desagradáveis para o monopólio midiático. No dia 2 de novembro um grupo de estudantes se retirou em bloco da Cátedra de Introdução à Economia da Universidade de Harvard em protesto pelo conteúdo e enfoque a partir do qual se ensina esta matéria. Vocês sabiam disto? A maioria não, alguns sim. O destinatário direto deste protesto foi o professor Gregory Mankiw, ex- assessor de Bush e autor de um dos manuais de macroeconomia mais usados, um livro sumamente popular no universo neoclássico. Os alunos entregaram uma carta explicando as razões, que podem ser sintetizadas assim:

Indignação pelo vazio intelectual e a corrupção moral de grande parte do mundo acadêmico, cúmplice por ação e omissão, na atual crise econômica; vou citar alguns parágrafos dessa carta que os estudantes entregaram ao professor Gregory Mankiw como explicação das razões pelas quais se retiraram em bloco da sala de aula:

“Hoje estamos abandonando sua aula a fim de expressar nosso descontentamento com a tendencia inerente a este curso. Um estudo acadêmico legítimo da economia deve incluir uma discussão crítica das vantagens e dos defeitos dos diferentes modelos econômicos. À medida que sua aula não inclui as fontes primárias e raras vezes se conta com artigos em revistas acadêmicas, temos muito pouco acesso a abordagens econômicas alternativas; não há nenhuma justificação para a apresentação das teorias econômicas de Adam Smith como algo mais fundamental ou básico do que por exemplo a teoria keynesiana. Estamos retirando-nos de sua aula neste dia, tanto para protestar pela falta de discussão da teoria econômica básica, como para dar nosso apoio a um movimento que está mudando o discurso estadunidense sobre a injustiça econômica: Ocupar Wall Street. Profesor Mankiw, pedimos-lhe que leve a sério nossas inquietações e nossa retirada de sua aula”.

Fonte: Cubadebate

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s