Sean Cross e o NOVENA, o primeiro laptop com hardware livre


O primeiro laptop totalmente código aberto é quase uma realidade e quem vem ao #FISL16 contar como está o processo de desenvolvimento é Sean Cross.

Cross, vive em Cingapura e trabalha com hardware de “baixo nível” para descobrir como estes sistemas funcionam. Ele trabalhou nas Indústrias Chumby, onde teve sua primeira chance de criar firmwares para dispositivos e descobrir como criar computadores a partir do zero. Produziu diversos firmwares para o Chumby One, uma espécie de “caixa multimídia” portátil. Em Cingapura, fez o firmware do sistema para o NeTV, um dos primeiros aparelhos a conectar TVs à internet.

Para ajudar a entender um pouco mais sobre a nova criação de Cross, o NOVENA, o principal assunto de Cross durante o #FISL16, traduzimos parte do artigo “The first totally open source laptop is almost real”, ou em português “O primeiro laptop totalmente open source é quase real”, da Wired, uma das pubicações sobre tecnologia mais conhecidas do mundo. Leia abaixo:

“O seu laptop é seguro? Na era da espionagem generalizada da NSA e tantos outros, você realmente sabe se sua máquina é segura? Cada parte dela está protegida contra o ataque de malfeitores em toda a web? Estas podem parecer perguntas nascidas da paranóia. Mas as revelações recentes do ex-funcionário da NSA Edward Snowden nos mostraram que, em muitos aspectos, estamos no direito de ser paranóicos.

Muitos estão trabalhando para garantir que o software no seu notebook esteja protegido. A Mozilla, por exemplo, fez um chamado aos engenheiros de todo o mundo para auditar o seu navegador de código aberto Firefox, na esperança de provar que este não foi comprometida com a NSA ou qualquer outra instituição. E você pode facilmente colocar a sua fé em um sistema operacional como o Linux. Ele também é livre, com inúmeros olhos constantemente zelando por seu código.

Mas o que acontece no hardware dentro do seu laptop? O que está acontecendo com todos aqueles minúsculos circuitos na placa-mãe? Ou no firmware que controla a placa-mãe e outras partes de baixo nível? Tudo isso é de código fechado. O resto do mundo não pode ajudá-lo lá.

É por isso que Sean “xobs” Cruz e Bunnie Huang embarcaram no que eles chamam de Projeto Novena, a construção de um laptop caseiro com hardware de código aberto – cujas especificações são hardware disponível gratuitamente para todos. Como Huang explica, eles queriam “aprender coisas novas ao fazer algo que seria realmente útil em uma base diária.”

E eles querem que os outros possam usá-lo também. De acordo com Huang, a dupla está planejando uma campanha de crowdfunding para financiar uma versão mais amigável do seu laptop de código aberto. Nesse meio tempo, você pode encontrar as especificações e projetos no wiki e usá-los para construir o seu próprio laptop.

Cruz e Huang são os fundadores da Sutajio Ko-Usagi, uma empresa de hardware com sede em Cingapura. Os dois se conheceram enquanto trabalhavam no Chumby, co-fundada por Huang, e nos anos seguintes, eles trabalharam em inúmeros projetos de hardware. Mais recentemente, no evento Chaos Computer Congress, na Alemanha, a dupla mostrou uma série de vulnerabilidades de segurança que eles encontraram em vários cartões SD – e eles também apresentaram sobre o Novena.

Não é o mais rápido ou o mais portátil de laptops. Equipado com 4 GB de RAM e um processador ARM que é o que você provávelmente encontra em um telefone celular, ele oferece o poder médio de um netbook, mas tem o tamanho e o peso de um laptop de baixo custo.

Mas o que o Novena perde em modernidade, ganha em transparência. “Se você vê algo suspeito no hardware, você tem a oportunidade de procurar no esquema de referência e ver se realmente é um motivo de preocupação”, explica Huang. Em outras palavras: você pode verificar se há backdoors da NSA.

Mas nem todas as peças de hardware dentro da Novena são open source. A tela, teclado, disco rígido, fonte de alimentação e processador foram todos comprados fora da prateleira, e são alimentados por uma bateria de carro RC hackeada.

Por enquanto, o Novena é provavelmente o mais perto que se chega a um laptop verdadeiramente aberto, mas há outras opções. Para aqueles dispostos a viver com um driver gráfico proprietário, há algumas it-yourself designs de laptops que usam o código aberto à bordo do Raspberry Pi. E para aqueles que querem algo que funciona fora da caixa, há o Thinkpad x60 personalizado da Gluglug, que usa um firmware open source chamado Coreboot.

Nenhuma dessas máquinas pode competir com o estilo e o poder de um MacBook Air, mas cada um oferece algo que a Apple provavelmente nunca poderá oferecer: controle completo sobre quase tudo em sua máquina. Não é algo que você quer? Então você está perdendo parte da diversão.”

fonte: http://www.wired.com/2014/01/open-source-laptop

Extraído de: http://softwarelivre.org/fisl16/noticias/sean-cross-e-o-novena-o-primeiro-laptop-com-hardware-livre

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s