IPEA: Estudo mostra relação direta de delitos cometidos por adolescentes com desigualdade social


maioridade

Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), em estudo diponibilizado na íntegra no link abaixo(1), há relação direta entre delitos cometidos por adolescentes e desigualdade social. Isso indica que a solução é eliminar a pobreza e o desemprego, universalizar saúde, educação (gratuitas e de qualidade) e demais direitos.

Os dados são do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) e do Ipea. Em 2013, o Brasil tinha 23,1 mil adolescentes privados de liberdade.

95% dos jovens infratores em 2013 eram do sexo masculino, 60% tinham entre 16 e 18 anos, 60% eram negros, 51% não frequentavam a escola, 49% não estavam empregados e 66% viviam em famílias consideradas “extremamente pobres”.

O levantamento mostra que cerca de 40% das infrações cometidas em 2013 eram por roubo, 23,5% por tráfico de drogas , 8,75% por latrocínio, 3,4% por furto, 1,9% por estupro e 0,9 por lesão corporal. Segundo a técnica em Planejamento e Pesquisa do Ipea, Enid Rocha, o número de adolescentes internados poderia ser bem menor.


Notas:

1. Íntegra do estudo: http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/nota_tecnica/150616_ntdisoc_n20

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s